Notícias

25/10/2018 SQUASSONI REQUER LIBERAÇÃO DE R$ 2,7 MILHÕES PARA LEVAR HEMODINÂMICA A GUARUJÁ

img-fluid

Em audiência com o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, nesta terça-feira (23), no Palácio do Planalto, o deputado federal Marcelo Squassoni (PRB) oficializou requerimento para a liberação de R$ 2,7 milhões do Ministério da Saúde para a compra de um sistema de hemodinâmica para Guarujá. O parlamentar entregou em mãos o pedido de recursos federais para a compra do equipamento, imprescindível para detectar obstruções das artérias coronárias.



 



Apesar de ter cerca de 330 mil habitantes e população flutuante de cerca de 2 milhões na temporada de verão, Guarujá ainda não dispõe de um sistema de hemodinâmica. Diante disso, todo paciente cardíaco, em caso de emergência ou não, precisa deixar a cidade para ser atendido. Dependendo da urgência do caso, esse período de deslocamento pode ser fatal.



 



Squassoni solicita a liberação do recurso diretamente via Presidência da República. O valor foi estipulado com base em valores definidos pelo Sistema de Informação e Gerenciamento de Equipamentos e Materiais Permanentes Financiáveis para o SUS (SIGEM). Caso o repasse não seja realizado até o fim de 2018, o deputado fará a solicitação via emenda parlamentar impositiva, para que a verba seja liberada ao longo de 2019.  



 



“É inaceitável Guarujá não dispor de um equipamento dessa importância. Caso não tenhamos sucesso até o final de 2018, apresentaremos emenda impositiva e vamos cobrar que o próximo presidente da República cumpra a indicação ao longo do ano que vem”, reforça Squassoni.



 



R$ 52 milhões



Em todo o mandato como deputado federal, a Saúde foi o setor mais privilegiado por Squassoni. No total, o deputado indicou cerca de R$ 52 milhões em recursos para Guarujá. Desse montante, a maior parte foram investimentos para a pasta. Só para o Hospital Santo Amaro foram liberados, pela Caixa Econômica Federal, R$ 23 milhões para o refinanciamento das dívidas, incluindo tributos e fornecedores, graças ao empenho pessoal do deputado.



 



Foi também por interferência de Squassoni que Guarujá conseguiu do Ministério da Saúde o repasse imediato e à vista de R$ 7,1 milhões do Teto SUS. A verba corresponde ao que o Município investiu em atendimentos de média e alta complexidade (MAC).



 



Falando só em emendas, Guarujá recebeu, por indicação do deputado federal Marcelo Squassoni, R$ 3,8 milhões, a maior parcela também para a Saúde. Para equipar UPAs e o SAMU, foram liberados R$ 1,2 milhão. Mais R$ 1 milhão vão garantir a informatização do SUS em toda a rede municipal de Guarujá, com prontuários eletrônicos e agilizando o agendamento de consultas.



 



Além disso, o Ambulatório Referência em Especialidades (ARE) da Vila Júlia – antigo Saúde da Mulher – recebeu R$ 632 mil em equipamentos. Recentemente, também por indicação de Squassoni, Guarujá recebeu duas novas ambulâncias, uma do SAMU, avaliada em R$ 176 mil, e uma ambulância tipo A, orçada em R$ 80 mil.



 

Outras Notícias