23/03/2018

UNIÃO CEDE ÁREA DE SANTA CRUZ DOS NAVEGANTES E VILA ESPERANÇA

Secretário nacional da SPU, Sidrack Correia assinou nesta quinta-feira (22) documento que abre caminho para repasse de propriedades à população. Medida foi articulada pelo deputado Marcelo Squassoni

O secretário nacional do Patrimônio da União, Sidrack Correia Neto, assinou, no final da tarde desta quinta-feira (22), em Guarujá, a cessão de 140 mil metros quadrados da área do bairro Santa Cruz dos Navegantes, antes pertencentes à União, para o Município. A medida, articulada pelo deputado federal Marcelo Squassoni (PRB) em Brasília, abre caminho para a futura entrega de títulos de propriedade a cerca de 7 mil famílias do bairro.

Ao lado de Squassoni e do superintendente do patrimônio da União em São Paulo (SPU-SP), Robson Tuma, Sidrack e o prefeito Valter Suman assinaram o contrato de cessão nas dependências da Escola Estadual Nossa Senhora dos Navegantes. A cessão da área de Santa Cruz dos Navegantes para o Município é uma luta do deputado Marcelo Squassoni iniciada em 1993, quando, no primeiro mandato como vereador de Guarujá, integrou uma Comissão com esse objetivo.


Desde 2015, já como deputado federal, Squassoni tratou do tema em pelo menos quatro audiências no Ministério das Cidades, a últimas delas em fevereiro de 2018. “Foi uma luta muito grande e hoje, 25 anos depois, conseguimos realizar esse sonho da cessão da área para a Prefeitura. Agradecemos demais ao deputado Marcelo Squassoni, sem o qual nada disso seria possível”, declarou o vereador de Guarujá Sérgio Santa Cruz, representante da comunidade na Câmara Municipal.

Para Squassoni, os atuais dirigentes da SPU foram sensíveis à necessidade social da medida. “Santa Cruz é uma comunidade tipicamente caiçara, cujas primeiras ocupações aconteceram há décadas. Sem a infraestrutura adequada, continuará a gerar grandes passivos sociais. Isso só poderá ser sanado com a entrega dos títulos de propriedades aos moradores for providenciada. Demos o primeiro e mais importante passo para essa conquista hoje, aqui, com este ato. Depois de 25 anos de luta, posso dizer que estou plenamente realizado, disse a Sidrack e Tuma.

O prefeito Válter Suman agradeceu o empenho e a articulação constante de Squassoni em Brasília: “O deputado tem sido essencial para a defesa dos interesses de Guarujá em Brasília, abrindo portas de diversos ministérios quando o acionamos. Isso é muito importante, precisa e deve ser valorizado”, acrescentou. “O teto representa a dignidade de uma família, a segurança. Com este ato, hoje, a Prefeitura vai se concentrar na regularização dos imóveis para em breve entregar os títulos de propriedade aos moradores”, finalizou o prefeito.

Participaram da solenidade, ainda, os vereadores Manoel dos Santos, o Nequinho, Luciano Rocha, o Tody, e Mário Lúcio da Conceição, além dos secretários de Habitação e de Esportes de Guarujá, Marcelo Mariano e Ronald Nicolaci, respectivamente.

Vila Esperança
Antes de ir a Guarujá, Sidrack Correia Neto e Robson Tuma assinaram em Cubatão a cessão da área da Vila Esperança. Atualmente, o bairro possui 20 mil habitantes, espalhados por seus quase 1,5 milhão de metros quadrados. É, atualmente, o núcleo de maior densidade populacional de Cubatão.

Mais informações:
Assessoria de Comunicação Deputado Marcelo Squassoni
Samanta Flor - (61) 3215 5550
Tadeu Ferreira Jr. - (13) 99133-8813