07/08/2017

SQUASSONI ARTICULA E SANTA CASA DE SÃO CARLOS RECEBE R$ 42 MILHÕES

Em ação semelhante ao que já ocorreu no Hospital Santo Amaro, em Guarujá, Santa Casa de São Carlos obtém refinanciamento de suas dívidas junto à Caixa Econômica Federal

Foi assinado na manhã de hoje (07) o contrato que sacramenta a liberação, pela Caixa Econômica Federal (CEF), de R$ 42 milhões para a Santa Casa de São Carlos, principal instituição a atender pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na Cidade. O repasse só foi possível devido a intermediação do deputado federal Marcelo Squassoni (PRB). A solenidade aconteceu na própria Santa Casa de São Carlos, onde o deputado esteve presente para avalizar a operação.

Com isso, os débitos que a instituição possuía com diferentes bancos e fornecedores foram quitados e refinanciados pela Caixa, que os centralizou num só contrato. Expediente semelhante foi conquistado pelo deputado para a reorganização das dívidas do Hospital Santo Amaro, em Guarujá, que obteve liberação de R$ 23 milhões da CEF, montante suficiente para quitar outros financiamentos menores com outras instituições bancárias, além de dívidas com FGTS e fornecedores. Tudo foi concentrado num só contrato, com prazo de pagamento em 84 meses.

Para que o repasse fosse viabilizado, a Prefeitura de São Carlos avalizou junto à CEF o volume da produção realizado pelo hospital no atendimento SUS, que serviu como garantia para o banco refinanciar a dívida total da Santa Casa.

Na solenidade, o prefeito Airton Garcia (PSB) agradeceu o apoio de Squassoni e frisou que este é um passo importante para melhorar a saúde na cidade. “Eu agradeço ao deputado Marcelo Squassoni que é meu amigo, me deu uma ajuda muito grande em Brasília. Devagar nós vamos cumprir com a nossa obrigação que é melhorar a saúde de São Carlos”, declarou o prefeito.

Para o secretário de Saúde do município, Caco Colenci, com as contas em dia será possível incrementar os serviços oferecidos pelo hospital. “A tranquilidade financeira vai possibilitar ao hospital melhorar sua gestão e oferecer mais procedimentos para o SUS, sem a necessidade de racionalizar recursos. É um investimento na Santa Casa, mas quem ganha é a população”, explicou Colenci.

“Além de ser a principal entidade filantrópica da Cidade, a Santa Casa de São Carlos é um patrimônio de 136 anos de História e merece toda a atenção dos poderes público, privado e da sociedade civil organizada. Vamos ajudar sempre, no que for necessário”, destacou Squassoni.

Mais informações:
Assessoria de Comunicação Deputado Marcelo Squassoni
Samanta Flor - (61) 3215 5550
Tadeu Ferreira Jr. - (13) 99133-8813