08/11/2017

MINISTÉRIO DAS CIDADES AGUARDA RELATÓRIO DO SANTOS FC PARA ANALISAR PERMUTA

Clube pretende erguer moderna arena com estádio capaz de receber 30 mil pessoas. Projeto seria viabilizado em área da SPU hoje ocupada pela Associação Atlética dos Portuários

O projeto da nova arena multiuso do Santos Futebol Clube foi pauta de mais uma reunião realizada hoje (8) em Brasília entre o deputado federal Marcelo Squassoni (PRB), o presidente do Santos Futebol Clube, Modesto Roma Júnior, e o ministro das Cidades, Bruno Araújo. Modesto detalhou ao ministro a intenção do clube de adquirir área da SPU – Secretaria de Patrimônio da União atualmente ocupada pela Associação Atlética dos Portuários, parceira no projeto.

A intenção do mandatário santista é oferecer à União, em permuta, outra área, em Guarujá, próxima ao Condomínio Jardim Acapulco, que seria comprada pelo Santos FC. Lá o Governo Federal poderia construir 2.400 moradias pelo programa Minha Casa Minha Vida. A priori, Araújo avaliou que a troca pode ser vantajosa para a União e aceitou estudar a ideia. Ele pediu ao clube um relatório da área em questão para analisar a possibilidade de desenvolver nela o programa habitacional que é carro-chefe do Governo Federal.

A partir da solicitação, o clube se comprometeu a apresentar nas próximas semanas relatório com a descrição técnica detalhada das áreas em questão. “Estamos evoluindo nessa negociação, intermediada pelo deputado Squassoni, que é fundamental para o desenvolvimento do público e da cidade de Santos. Todos os aspectos que apresentamos tiveram uma excelente recepção aqui em Brasília”, avaliou Modesto Roma.

Na SPU
O complexo pretendido pelo Santos FC em parceria com o Portuários também foi tema de audiência com o chefe da SPU em Brasília, Sidrack Correia, na tarde desta terça-feira (7). Correia quer o aval do Ministério das Cidades para só então voltar a tratar do assunto na SPU.
“Se for bom para os clubes e para a população, já que nós temos um déficit habitacional muito grande, eu creio que isso pode ser extremamente positivo”, frisou Sidrack.

Projeto
O projeto da nova arena do Santos Futebol Clube em parceria com o Portuários prevê um estádio moderno, com arquibancadas, cadeiras cativas, e 62 camarotes, além de áreas sociais e de lazer (quadras e piscinas) para associados do Santos e do Portuários, em espaços distintos. Ao todo, o complexo ocuparia área de 67 mil metros quadrados.

“Vamos continuar acompanhando de perto e articulando com os órgãos federais para tirar do papel esse projeto da Arena do Santos FC. Seria uma nova atração turística na Baixada Santista, além de contribuir com a geração de novos empregos e, ainda, representaria mais unidades do Minha Casa Minha Vida”, analisou Squassoni.

Mais informações:
Assessoria de Comunicação Deputado Marcelo Squassoni
Samanta Flor - (61) 3215 5550
Tadeu Ferreira Jr. - (13) 99133-8813